RPG, Vícios e Virtudes

Eu escrevi este texto sobre RPG visando os pais, responsáveis e jogadores mais velhos; embora seja útil a qualquer pessoa com maturidade. Anteriormente expliquei o que é esse jogo, agora falo sobre alguns mitos e deturpações que sofre por quem não o conhece ou não o compreende.

Os pais questionam: RPG não é um jogo do capeta?

Sim, se você quiser. Cada um tem livre arbítrio para escolher o que acha melhor para si. Alguns acham que mentira, destruição, morte e sofrimento são diversão. É uma pena haver gente tão triste e infeliz.

Ouvi dizer que uns garotos mataram pessoas por causa do jogo! Como não proibiram isso ainda?” – alguém indignado.

Nenhum caso policial foi ligado oficialmente ao RPG. Quem puder desmentir, é só dizer que publico numa boa. Advogados “espertalhões” se aproveitam do desconhecimento das pessoas com o jogo e o usam como motivo para livrar a cara de clientes. É apenas uma manobra jurídica sacana. Mas quando me perguntam “Você acha que alguém é capaz de matar por causa de RPG?”, eu digo sim. “Como é? Tá dizendo que sim e caindo em contradição?” – Sim e não. O que quero dizer é que qualquer coisa pode ser motivo para qualquer coisa, incluindo assassinato. Lembre-se do livre arbítrio. Há estatística para morte em jogos de dominó! Foi isso mesmo que você leu. Pessoas se matam por rixa em dominó! Por isso digo que tudo pode acontecer.

Quanto a proibição, raciocine: se, hipoteticamente, um sujeito mata outro e comprova-se que foi por “causa de RPG”, proibir não resolve nem protege. Vamos proibir o álcool porque motoristas bêbados atropelam e matam pessoas. Se o álcool não é o problema, então vamos proibir os carros, a culpa deve ser deles. Se não são os carros, são as estradas. Até chegar o dia em que pensamentos extremistas te façam pensar que respirar te torna responsável pelo mal que alguém sofra. “Isso não tem nada a ver. Eu beberia socialmente, não sairia por aí feito louco. Tenho juízo.” – sua provável reação. Parece que começou a abrir seus olhos. A imensa maioria dos jogadores de RPG também tem juízo, não fará atrocidades baseadas no que uma minoria possivelmente faria.

Os RPGistas ainda sofrem discriminação por gostarem de algo relativamente novo e desconhecido, não entendido completamente por leigos. Xenofobia é algo comum entre as pessoas. Mas não é nenhum bicho de sete cabeças (ou dez chifres). É apenas uma opção de diversão. Não é nenhuma sociedade secreta almejando dominar o mundo e querendo forçar todos a fazer parte.

O RPG pode estimular a concentração, leitura, curiosidade, criatividade e , consequentemente, o aprendizado. É bem mais saudável seu filho passar um tempo com outros de mesma faixa etária do que ficar com a cara enfiada num videogame (ou computador) o dia inteiro, sem saber conviver com as diferenças. Se você considera certos termos e temas (como magia, armas, monstros, etc.) ofensivos ou impróprios, oriente seu filho (ou amigo, colega). Não levante a voz emitindo um sonoro “Não!”. Orientar não é apenas dizer “Não faça isso!”; é explicar os motivos e consequências por fazer (ou deixar de fazer) algo. Opressão gera medo e revolta. Orientação gera respeito e desenvolvimento.

Grupo

Espero que um dia qualquer diversão saudável seja respeitada.

Até.

Anúncios

Sobre Jaime Rangel

Jaime "JJ" Rangel é um cara de Duque de Caxias (RJ), franco, tranquilo e desmemoriado. Gosta de levar inquietação às mentes alheias (antes através do Juca's Blog e Roleplayer). Prefere 10 inimigos sinceros a 1 amigo indeciso. Cuidado ao perguntar algo, ele responderá a verdade. E a verdade é sempre mais divertida (pra ele).
Esse post foi publicado em RPG e marcado , , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para RPG, Vícios e Virtudes

  1. Erick Patrick disse:

    O que acho incrível é que a mídia, fazendo seu papel de vender notícias, raríssimas vezes mostra o que acontece depois se algo vai de encontro com algo que eles anunciaram como trágico, verdadeiro e criminoso, como foi o caso dos rapazes de RPG.

    De 3 ou 4 casos, quantos você ouviu as empresas desse ramo mostrarem que o RPG NÃO tem haver com o acontecido? Talvez uma única vez, no caso Guarapari (acho que é esse o caso, se tiver errado, corrijam) que o pessoal foi julgado e INOCENTADO! Os demais, que também foram INOCENTADOS, jamais sequer lembraram ;/

    Enfim, é isso daí, post meio desabafo, meio alerta, mas bom de ler! Traga mais posts de RPG, Zé (joe em pt-br ;P)! Abraço!

    Curtir

    • Juca 999 disse:

      Oi, Joe, de vorta. Tentei colocar uma visão ao mesmo tempo pessoal e lógica sobre o assunto. Mas é algo muito abrangente. Espero que tenha sido claro, respeitando as divergências. Até.

      Curtir

  2. Concordo absolutamente com o texto.
    Na época do Adrenalina, me recordo que fiz um post criticando a postura da lei diante do assassinato em Ouro Preto, infelizmente envolvendo rpgistas.

    Abrçs e Bons Jogos!

    Curtir

  3. Drogas são proibidas e mesmo assim há vários conflitos (que envolve e mata muitos) para o ponto de venda destas.
    O Futebol não é proibido, é “A Paixão Nacional”, e mesmo assim você tem as torcidas “organizadas” se degladiando, apenas para mostrar amor aos 11 homens.
    RPG é, como você disse, uma atividade que desenvolve o aprendizado, melhora a interpretação de textos e a superação de situações.
    RPG é um teatro, isso não forma assassinos. O que forma assassinos são pais irresponsáveis que largam seus filhos por aí.

    Curtir

  4. Fernando del Angeles disse:

    Pois é… estamos no mesmo pensamento… o incrivel é que ninguém sai em defesa do rpg, falando a verdade, que foi provado que o RPG não teve nada a ver com nenhum dos casos, e assim nossa imagem fica manchada na midia… lembro de meu sogro perguntando a minha atual esposa se era um tipo de ritual o jogo de maluco que eu jogava…

    Cara, Gurps não é dificil…. isso é muito preconceito…o gurps é muito mais simples que D&D… te garanto…

    Curtir

    • Juca 999 disse:

      Atrasado mas respondendo, Joe.
      O foco da questão pra mim é que se um cara está com ideia besteira na mente, vai fazer besteira.
      Não se retratam pelas notícias erradas sobre RPG porque notícia boa não dá audiência, desgraça dá.

      Curtir

Sua Inquietação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s