Ódio – Final

Esse é o final de uma saga… Mas não aquela cheia de frescura! Se ainda não a conhece, mexa-se! Ódio e Ódio – Parte 2.

Odeio acordar cedo. Para mim, menos de dez horas de sono por dia não são suficientes. Mas infelizmente não é assim que a maioria do mundo funciona…

HatredOdeio vizinhos (as). Na rua em que moro desde 2006 não falo com ninguém. A maioria desta raça só nos suga e seca o pouco que temos.

Odeio filmes de animais, todos idiotas e que eu não aguento ver nenhuma parte.

Odeio parentes. Em sua maioria são da mesma laia dos vizinhos. Ambos ainda piores porque a gente não escolhe.

“Arrancarei a pele de tua carne e a carne de teus ossos que rasparei até ficarem secos. Mesmo assim, não terás sofrido o suficiente.”

Carta Ódio do TCG Magic: The Gathering; Wizards of the Coast.

Odeio “crentes”. Não Deus, Jesus ou qualquer religião específica. Odeio aquelas pessoas que se fingem de santas dentro da igreja, mas fora dela são completamente o oposto: pais que maltratam os filhos, filhos que maltratam os pais, etc. Ao meu ver, seu primeiro pecado ao entrar na igreja é a discriminação sobre as pessoas que não se “converteram”. Antes disso, elas nos enchem o saco nos chamando para ir à igreja toda vez que nos veem, e quando não conseguem passam a se afastar por sermos pessoas “do mundo”. Apesar de tanto ódio, minha fé e religião são em Deus, Jesus. Só desejo o mal ao próximo no auge do ódio, mas nada tão sério a ponto de seguir com este desejo. Se eu puder ajudar, tirar dúvidas e etc., faço com prazer, mas se eu não puder não atrapalho mesmo!


É isso. Odeio mesmo! Sem ressentimentos ou culpas e etc., como falei no início. Odeio tudo o que escrevi e muito mais que não lembrei neste momento. Acho que é por isso, por sentir, expor e conviver bem com todos esses conflitos que sou a pessoa de hoje: personalidade forte, com opiniões polêmicas (porém com fundamentos) e que deita a cabeça no travesseiro todas as noites e, quando pode, dorme por mais de dez horas.

Estarei sempre postando novos ódios que vão surgindo ao longo das situações cotidianas de minha querida vida! Dentro de outros textos, por exemplo.

Até mais.

Anúncios
Esse post foi publicado em Especial e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Ódio – Final

  1. Allana disse:

    Quase… catártico. :D Me fez sentir muito bem por odiar tantas coisas e/ou pessoas. :D

    Curtir

  2. Maria Simone disse:

    Odeie mesmo! rsrsrsrsrs

    Curtir

Sua Inquietação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s